Tradutor

segunda-feira, junho 02, 2014

Temos dois credores ....

Temos dois credores, que em nada são iguais:

  • Os credores externos, desde o Bundesbank com o seu saldo credor no TARGET2, ao BCE, e ao FMI  (a troika)  e ao que resta dos bancos comerciais e investidores institucionais que ainda não passaram a exposição aos credores oficiais.  Eles podem, querem e mandam cortar despesas insustentáveis. 
  • Os "credores" internos, nomeadamente os pensionistas e beneficiários das prestações sociais, que querem, mas não podem e não mandam, sobretudo porque ficam  em casa no dia das eleições.
Entre os credores externos e os credores internos está o Tribunal Constitucional. Estão também os contribuintes, mas esses são "apanhados", coitados.    Curiosamente, o TC não tem investigado a constitucionalidade da dívida pública, e dos encargos assumidos sem cabimento orçamental.