Tradutor

segunda-feira, junho 30, 2014

O absurdo de só defender o credor - 2

Já em Setembro 2012 tinhamos dito neste blog PPP Lusofonia que era absurdo só proteger o credor na gestão da crise de endividamento externo na Eurorzone, e que precisavamos de condições de pagamento de 2% a 20 anos, pelo menos.

Agora vem o FMI  dizer que a renegociação  da dívida podia ter sido vantajosa para Portugal e Irlanda.      Brilhante !  

Agora que os credores de curto e médio prazo já todos reduziram a sua exposição, passando-a para os credores oficiais como o FMI, o BCE e os bancos centrais, e a dívida externa se tornou verdadeiramente incomportáveis, com quem vamos renegociar, com o FMI?

FMI sobre a renegociação da dívida http://www.tvi24.iol.pt/503/economia---troika/portugal-troika-resgate-fmi-divida-tvi24/1562006-6375.html 

Absurdo de só proteger o credor http://ppplusofonia.blogspot.pt/2012/09/o-absurdo-de-so-defender-o-credor.html

Debt Workout 101