Tradutor

sexta-feira, abril 12, 2013

Da crise da análise à análise da crise

Na era dos "spin-doctors" e dos consultores de comunicação, a análise económica foi substituida por "narrativa" e "framing".  Antigamente, isto era visto como propaganda.

Mas ainda há analistas perceptivos que investigam os factos e oferecem interpretações úteis e interessantes.
Como este artigo de Edward Harrisson "Some thoughts on German politics" que dá a perspectiva do trabalhador alemão, que vem pagando a "soli tax" de 3% pela reunificação há 20 anos e que está cansado de apoiar outros.

Mas algo não bate certo.  Se o trabalhador alemão se sente explorado, para onde vão os lucros da exportações recorde da Alemanha?  Um bom tema para análises futuras...

De facto, não podemos ficar indiferentes às narrativas equivocadas e tendenciosas, pois os diagnósticos errados não só dificultam as soluções como fomentam conflitos e mal-entendidos.

Mas, como nas guerras,  são os credores a escrever a história, a fazer de herois.

Ver  http://www.creditwritedowns.com/2013/03/some-thoughts-on-german-politics-and-the-savers-tax-in-cyprus.html