Tradutor

segunda-feira, março 19, 2012

O consumo de "suco de uva integral", sem açucar, sem água e sem corantes, multiplicou-se por cinco vezes em cinco anos, no Brasil, que é também o décimo exportador mundial de suco de uva, especialmente para os Estados Unidos e para a Ásia. 


Para os consumidores, o sumo de uva  tem os benefícios do vinho, sem os malefícios do álcool, graças à presença de  flavonóides e polifenóis antioxidantes  superiores ou comparáveis aos do chá verde, que podem prevenir doenças do coração.   Para as cooperativas de produtores brasileiros, o franco crescimento do mercado de sumo de uva representa uma oportunidade de comercializar os excedentes de produção.  É que o consumo de vinho tem sofrido uma queda significativa, ficando cada vez mais concentrado nos vinhos finos, em detrimento dos vinhos correntes.


Deste lado do Atlântico, a solução para o "lago de vinho" tem sido bastante menos inovadora, e a Europa tem estado a perder importância no cultivo da vinha, tendo passado de 66,6% da produção mundial em 1996 para 57,4% em 2010, devido em parte às medidas adoptadas no âmbito da PAC-Política Agrícola Comum, que incentivaram o arranque das vinhas.  Portugal reduziu a sua área de cultivo de 250 mil hectares para 243 mil, representando 3,2% da vinha mundial.  Na região do Dão, demarcada há mais de 100 anos, até vinhas novas foram arrancadas, para nosso empobrecimento.  
Fonte:  http://www.atarde.com.br/economia/
Benefícios para a saúde  http://www.lusowine.com/displayarticle3887.html
Menos produção http://www.ionline.pt/dinheiro/vinho-portugal-esta-produzir-menos-ainda-dos-mais-bebe
Projecto de produção de vinho biológico http://www.drapn.min-agricultura.pt/drapn/conteudos/fil_bio/Produ%C3%A7%C3%A3oUvasparaSumoVinhoOriundosdoMododePro.pdf
Enoturismo como solução http://winepleasures.com/wp-content/documents/tourism/conference/Preview2011.pdf