Tradutor

quarta-feira, novembro 30, 2011

Banco de Portugal reforça supervisão bancária

Banco de Portugal com poderes reforçados para intervir em instituições
De Irina Melo (LUSA) – há 2 dias
Lisboa, 28 nov (Lusa) -- O Banco de Portugal (BdP) vai ver os seus poderes reforçados pelo Governo para intervir em bancos numa situação financeira difícil, segundo a legislação hoje publicada em Diário da República, que regula a liquidação de instituições bancárias.
O diploma autoriza o Governo a rever a partir de terça-feira o regime de saneamento e liquidação de instituições bancárias supervisionadas pelo BdP.
Segundo esta regulamentação, o supervisor vai poder estabelecer mecanismos de intervenção preventiva e corretiva nos bancos, criando uma fase de administração provisória pelo supervisor, bem como definir os termos de uma eventual liquidação de algum banco.
Fonte: Lusa

Comentário:  
Portugal tem poucos instrumentos de ajustamento no contexto do Mercado Único e da Moeda Única, essencialmente a politica fiscal e orçamental.  Mas também pode utilizar a política de crédito e a regulação prudencial do sistema bancário.  


Portugal  pode e deve cortar o crédito ao consumo, reforçar os esquemas de garantias de depósitos e promover e proteger as poupanças locais.  Estas são medidas essenciais que estão ao nosso alcance.  


Pagar taxas de juros reais positivas aos aforradores e depositantes locais será central a qualquer solução. No entanto, em vez de promover a poupança, as autoridades bancárias estão a intervir para limitar as taxas de juros nos depósitos, aplicando uma dedução aos fundos próprios dos bancos l que paguem taxas de juros elevadas, acima de 6%.

Saídas para a Crise: PEP - Poupança, Exportação, Produtividade http://ppplusofonia.blogspot.pt/2010/11/pep-poupanca-exportacao-produtividade.html