Tradutor

quarta-feira, fevereiro 16, 2011

Nuestros proveedores versus nuestros clientes

As economias de escala podem explicar boa parte da evolução do comércio bilateral entre Portugal e a Espanha, que tem beneficiado claramente o país vizinho.  Como as economias de escala tendem a aumentar, e a ficarem mais concentradas na comercialização do que na produção, o efeito tem sido ainda maior do que previsto.  É provável que esta tendência se mantenha, pois a incorporação de tecnologia nos produtos cria um contexto ainda mais concorrencial e dinâmico.
...
Nas economias de escala, o produtor maior tem custos unitários mais baixos e por isso pode vir a dominar o comércio bilateral.
...
O sucesso comercial das exportações espanholas para Portugal baseia-se num forte conhecimento do nosso mercado.
... As associações empresariais têm um papel fulcral na agregação, integração e busca de massa crítica, e nisso Espanha oferece um exemplo a estudar... O problema não é ser pequeno, é trabalhar em ponto pequeno e isolado.
Mas para intensificar as iniciativas de marketing é necessário conhecer cada vez melhor o cliente e isto é uma actividade também caracterizada por economias de escala.   Por ser dificil "ir lá vender" é que muitos produtores ficam à espera que "eles venham cá comprar".

Ver artigo completo aqui, Mariana Abrantes de Sousa, Economia Pura, Dezembro 2005

Ver também artigo à Conquista do Mercado Espanhol,  Mariana Abrantes de Sousa, Forum Empresarial, Dezembro 2005