Tradutor

terça-feira, junho 02, 2009

Estádio em PPP


A empresa portuguesa Lusoarenas participa na Parceria Pública Privada que vai construir o novo estádio Arena das Dunas na cidade brasileira do Natal a tempo para a Copa do Mundo de 2014.

Os investidores têm um contrato de 30 anos. A empresa portuguesa Lusoarenas, presidida por Antônio Espirito Santo Bustorff, será acompanhada na empreitada pela francesa Bouygues e pelas brasileiras Valora e Serveng-Civilsan, vislumbra um quadro dos mais otimistas para o novo empreendimento.

O complexo de Natal será construído por meio de Parcerias Público-Privadas (PPPs). Dessa forma, a venda dos espaços para comércio e residência - em uma área útil de 300 mil metros quadrados.

O estádio é considerado de construção simples, pelo fato de estar todo dividido em módulos. O contrato para implementação do projeto deva ser assinado no início do segundo semestre deste ano. A Lusorarenas contará com o apoio da operadora de instalações Global Spectrum, parceiro exclusivo da Lusoarenas no Brasil na área de gestão de instalações para o grande público no período de administração do novo Estádio das Dunas.