Tradutor

quarta-feira, agosto 17, 2011

PPP na saúde vão ser reavalidadas

Governo não avançará com novas parcerias público-privadasO Governo não vai avançar com novas parcerias público-privadas (PPP) na área da Saúde e vai reavaliar as existentes, assegurou hoje à Lusa o ministro da tutela.
Os planos do executivo para a saúde no âmbito das PPP são "reavaliá-las e para já não pensar em novas", afirmou à Lusa Paulo Macedo, durante uma visita ao Hospital Amadora-Sintra, que foi o primeiro hospital público com gestão privada e também o primeiro com gestão privada a ser devolvido ao público, em 2009.
"Para já estamos concentrados em aumentar a eficiência do SNS [Serviço Nacional de Saúde], em trabalhar com profissionais de saúde para ver como é que, com a redução de custos, podemos manter o essencial que é servir estas pessoas todas", acrescentou o ministro, referindo-se aos utentes do hospital.
A visita teve uma passagem pelas urgências, que não constava do programa oficial, mas que o ministro acabou por considerar proveitosa.
"As reduções de custos são importantes, mas estão sempre subjacentes e relegadas ao serviço que temos de fazer, e acho que foi bom exemplo esta visita não programada à urgência, para podermos ver o tipo de necessidades que temos e estas pessoas que temos de servir", afirmou.
Como explicou à Lusa, a visita ao Hospital Fernando da Fonseca (Amadora-Sintra) insere-se num conjunto de visitas a unidades saúde que o ministro tem efetuado para se inteirar da sua realidade, de como estão as urgências, quais as caraterísticas específicas de cada unidade e das suas populações.
Fonte:  http://www.dn.pt/inicio/economia/interior.aspx?content_id=1953520