Tradutor

terça-feira, agosto 15, 2006

Portugal the Florida of Europe

Espera-se que cerca de 2.000.000 europeus reformados (do norte) venham a instalar-se nos países do sul da Europa, segundo Gilberto Jordan um promotor imobiliário português que pertence ao Resort Development committee of the Urban Land Institute, muitos deles em Espanha e Portugal. Diz-se que a costa espanhola está a ficar como Miami devido ao boom imobiliário e alguns "pueblos" já têm mais residentes estrangeiros que espanhois.

A feira de imobiliário SIMA06 em Madrid foi o palco de centenas de compra-vendas, muitas delas com compradores estrangeiros.

Os reformados mais abastados escolhem centros maiores que lhe proporcionam uma terceira idade activa, com sol, praia, marinas, golfe, caminhadas, cultura e convivio social com outros "nortenhos". Outros preferem a vida mais pacata em vilas e até aldeias, reconstroiem casas em ruinas e convivem mais com a população local.

A Espanha apresenta-se como a "Florida da Europa", mas Portugal tem um potencial para o turismo menos massificado.

O Sr Alfred Hoffman, o actual Embaixador dos Estados Unidos em Lisboa pretende ajudar a partilhar as experiências paralelas de Portugal e Florida organizando uma missão à Florida "the Sunshine State" de uma delegação composta por executivos e académicos portugueses, e incluindo o Embaixador de Portugal em Washington Dr Pedro Catarino.
A economia da Florida depende bastante do turismo (60 milhões de visitantes por ano para 17 milhões de residentes) e dos residentes sénior provenientes de outros estados americanos e do Canada, conhecidos como "snowbirds". Em comparação, a Espanha recebe 60 milhões de visitantes para 42 milhões de população, e Portugal recebe cerca de 15 milhões para 10 milhões de visitantes. Temos provavelmente muito que fazer para igualar a promoção turistica da Florida.
A Florida os grandes parques temáticos como o Disney World e o Sea World, boas universidades, injustamente conhecidas como "Surfer U", os laranjais e o Kennedy Space Center no Cape Canaveral para quiser explorar outra órbita. Até oferecem bolsas de estudo a surfistas ! Valia a pena investigar pois a água deve ser bem mais quente que a do Guincho.
Em Lisboa já temos o Oceanário que é um dos locais mais visitados de Portugal, que recebeu a visita de Bill Gates e o filho Rory de 6 anos em Julho.
Eis uma ponto a favor de Portugal:
Até os multi-multi-milionários podem comungar, incógnitos, com os peixinhos !