Tradutor

domingo, dezembro 25, 2011

Se o Pai Natal fosse chinês

 Se o Pai Natal fosse chinês, não podíamos estar mais dependentes da China para alegrar as nossas festas. Depois do bacalhau (da Noruega), a consoada continuou animada com os brinquedos, as consolas, os telemóveis e até as camisolas, quase tudo … “made in China”. 


Por isso o comércio bilateral Portugal-China está cada vez mas desequilibrado, com um défice comercial insustentável de 1.336 milhões de euros em 2010.


Por este andar, a recente venda da participação de 21,35% do Estado no capital da EDP por 2.693 milhões de euros, que incorporou um prémio de 53,6% em relação ao preço de mercado de 21-Dezembro-2011, vai dar para financiar o défice comercial bilateral PT-China durante só  mais dois anos. 
Comércio Bilateral Portugal-China
EUR milhões
2009
2010
variação
Exportação
340
571
68%
Importação
1.373  
1.907  
39%
   Saldo Comercial
1.033  
1.336  
29%


É caso para dizer, vão-se as acções,  as "golden shares",  ficam as camisolas...

7 comentários:

Confucius says disse...

Confucius disse:

Quem se modera, raramente se perde

Sem uma língua comum não se podem concluir os negócios

Terá dito também:
No exportar é que está o ganho?

Toca a aprender chinês!

Importações da China disse...

Estamos a vender as jóias da família, a hipoecar a nosssa herança, para continuar a importar tralha.

Anónimo disse...

Há uns anos atrás incentivavam-nos a aprender espanhol, agora chinês. Quando será que incentivam a aprender português ?

Jogos Made in Portugal disse...

Jogos electrónicos made in Portugal

Para quem tem I-Phones (e, em breve, para quem tem I-Pad ou Android):
Um jogo de futebol freestyle, feito em parceria como Cristiano Ronaldo (sim, esse mesmo!), e que já está à venda na App Store. Vejam uma notícia em:
http://gameover.sapo.pt/artigo/jogo-de-cristiano-ronaldo-chega-ao-ios
e, claro, comprem em:
http://itunes.apple.com/pt/app/c-ronaldo-freestyle/id473940226?mt=8e

O barato sai caro disse...

Estas importações baratas vão nos sair caras...

Quando o telefone toca... disse...

...Como bem notou Mariana Abrantes de Sousa, dois anos de transacções comerciais com Portugal chegam para a economia chinesa recuperar os 2,7 mil milhões que gastou com a compra da EDP.

China sabe vender disse...

Com Portugal, o terceiro parceiro económico da China na lusofonia, as trocas comerciais registaram em 2011 um acréscimo de 21,28 por cento para 3,96 mil milhões de dólares (três mil milhões de euros) numa balança comercial claramente favorável a Pequim, que vendeu produtos no valor de 2,80 mil milhões de dólares (2,1 mil milhões de euros), mais 11,43 por cento em termos anuais.

Mas as exportações de Portugal para a China aumentaram no ano passado 54,11 por cento para 1,16 mil milhões de dólares (883 milhões de euros).