Tradutor

sexta-feira, março 17, 2006

Braval pode avançar com concurso para unidade de resíduos biodegradáveis

A Braval pretende avançar com o concurso público internacional para a concepção, construção, fornecimento e exploração de uma unidade de valorização orgânica de resíduos biodegradáveis por digestão anaeróbia.Este projecto vai incluir a ligação da unidade a construir a um ponto de recepção de energia do Sistema Eléctrico Público.

Em Abril 2005, a Câmara Municipal de Braga levou a cabo processo de transformação da AGERE em empresa de capitais maioritariamente públicos, ao alienar 49% do seu capital. Para o efeito, lançou um concurso público destinado a seleccionar o parceiro privado que, em conjunto com a edilidade, irá explorar a actividade de abastecimento público de água, saneamento e higiene e limpeza do município.

Matosinhos volta a concessionar recolha de resíduos sólidos
A Câmara Municipal de Matosinhos aprovou em Fev-2006 a abertura de concurso público internacional para concessão da exploração e gestão do serviço público municipal de recolha de resíduos sólidos e varredura do concelho, nomeadamente na zona que abrange as freguesias de Custóias, Leça do Balio, Senhora da Hora e São Mamede de Infesta.