Tradutor

domingo, setembro 27, 2015

ETV - Crise de Refugiados em tempo de Eleições

No   "Conselho Consultivo" de 23 de Setembro de 2015 falou-se

Sobre as eleições:

"Eu não quero saber quem chamou a troika: foram todos.  Quero saber que nos endividou, quem assinou as promissórias".

E sobre os refugiados:



Hélder Oliveira considera que "a UE não tem sido capaz de responder à crise de refugiados" e "quando chegar o Inverno, estas pessoas vão sofrer".

Mariana Abrantes de Sousa lembra que Portugal já recebeu 40.000 refugiadsos num ano, em 1940, graças ao Acto de Consciência de Aristides de Sousa Mendes.  E que à luz da lei portuguesa, os refugiados têm que cumprir as nossas leis e que  "não podemos ser tolerantes com práticas culturais ilegais" como a mutilação genital feminina ou o abuso dos direitos das mulheres.

Em termos demográficos, o  Mediterrâneo pode ser visto como uma membrana porosa entre     Norte de Africa e Medio Oriente, com famílias de 4 a 6 filhos, e a Europa o  com menos de 1.5 filhos por mulher.  Os canais de migração legal não davam vasão a este desequlibrio demográfico, por isso as enxurrada de migrantes era previsível. Quando as migrações ordenadas não bastam passam rapidamente a desordenadas à "ponta da espada", seja do regime sírio, dos extremistas islâmicos, etc.

A integração vai ser o grande desafio.  O refugiados têm que cumprir as nossas leis.  Em Portugal é ilegal, 
o   - mutilação genital feminina
o   - burca e niqab, ilegal tapar a cara em Portugal e a maior parte de
o   - mulheres como cidadãos de segunda classe e abusos de direitos humanos

In demographic terms, the Mediterranean is like a porous membrane between a region of poor families with 5 children each and a region of rich families with 1.5 children.
In this severe socioeconomic disequilibrium, migration is inevitable, and the people flow s will quickly overwhelm the drip-drip of the legal migration channels. Especially with repression and persecution on one side and promises on the other. 
When refugees were desperately trying to get OUT of Germany and OUT Europe in 1940, Portugal took in 40.000 refugees in a few months thanks to the Act of Conscience of Aristides de Sousa Mendes. 
Portugal can certainly take in 4.000 refugees now they desperately want to get INTO EUROPE.