Tradutor

quinta-feira, maio 14, 2015

UE vai financiar projetos no valor global de 30 ME nos PALOP e Timor-Leste

São Tomé, 30 abr (Lusa) - Os países africanos de língua portuguesa e Timor-Leste assinaram hoje com a União Europeia, na capital são-tomense, um protocolo de cooperação para o período 2015-2020 orçado em 30 milhões de euros.


O protocolo destina-se a financiar projetos a serem identificados nas áreas de cooperação conjunta de gestão do emprego e desenvolvimento das capacidades de governação.

O primeiro-ministro são-tomense Patrice Trovoada, que presidiu ao ato de assinatura do protocolo, disse que os PALOP e Timor-Leste têm hoje "novos desafios e novas ambições", por isso têm que ser capazes de adaptar simultaneamente os seus programas de cooperação "a realidade de cada um dos nossos países".

Essa adaptação, ainda segundo o governante são-tomense, tem que abranger igualmente os respetivos espaços geográficos de inserção.

"Desde 1992 os nossos países tornaram-se mais democráticos e mais abertos ao mundo, participando na economia global com todos os desafios que essa participação comporta", lembrou o primeiro-ministro são-tomense.

"Resta, contudo, um enorme caminho a percorrer, para reforçar o Estado de Direito democrático, eliminar a pobreza e reduzir a grande dependência das nossas economias aos choques externos e a ajuda pública ao desenvolvimento", acrescentou Patrice Trovoada.

O primeiro-ministro são-tomense garantiu que o seu governo está empenhado em tudo fazer para melhorar o clima de negócio, dentro de uma visão estratégia de medio e longo prazo que "integra o espaço sub-regional e coloca o sector privado no centro do processo de criação de riqueza e da consequente redução do desemprego e do endividamento externo".

http://www.sapo.pt/noticias/ue-vai-financiar-projetos-no-valor-global-de-_554262d851bdcc8d2d48aa55