Tradutor

domingo, agosto 10, 2014

Portugal - Erros com a Troika

Devemos assumir que os erros no processo de ajustamento de Portugal não são da TROIKA, são nossos, do Governo português.  Mesmo na ausência de alternativas, a responsabilidade pelos resultados começa e acaba dentro de fronteiras. 
E havia muito que podíamos ter exigido da TROIKA que não tivermos visão nem coragem para fazer. Veja-se alertas antigos, das coisas que não lembraram à TROIKA.  
Por exemplo, colapso do banco BES foi um erro que poderia ter sido evitado com melhor supervisão bancária nacional e melhor gestão de riscos do sistémicos, negociando muito mais duro com o BCE. 
Os 10 erros da Troika: O jornalista do Jornal de Negócios Rui Peres Jorge escreveu o livro "Os 10 erros da troika em Portugal". Durante todo o programa de ajustamento Rui Peres Jorge falou com técnicos da troika, analisou documentos, entrevistou reponsáveis políticos dos outros países resgatados e académicos. Uma recolha exaustiva de informação que lhe permitiu fazer uma análise ao memorando assinado em Portugal.
Fontes: http://www.jornaldenegocios.pt/economia/detalhe/quais_foram_os_10_erros_da_troika_em_portugal.html
http://www.publico.pt/multimedia/video/austeridade-sacrificios-e-empobrecimento-os-erros-da-troika-em-portugal-20140625-125535

"Há razões para estarmos satisfeitos mas há riscos significativos" Os comentadores do ETV Mariana Abrantes de Sousa e Hélder de Oliveira analisam a carta de intenções exigida pelo FMI e as previsões da OCDE para a ...
O diagnóstico e o receituário da Troika continuam equivocados, focando o défice interno em vez do défice externo, a má governação dos devedores em vez das práticas de crédito fácil, para não dizer predador, dos credores.
 
In order to satisfy the Troika, the Madeira Free Trade zone will loose most of the tax exemptions that made it attractive to non-resident depositors and other clients, including the absence of the WHT withholding tax of 21.5% on ...
Coisas que não lembram à Troika. Algumas sugestões para melhorar a nossa competitividade internacional: 1. 1. Falta um Export-Import Bank para toda a União Europeia, uma vez que o “financiamento à exportação” é um ...