Tradutor

terça-feira, fevereiro 02, 2010

It's the total external debt ...


"... the market in recent months has assumed that Greece, Portugal, Spain and most other OECD countries would have a few years to put their budget in order. As far as Greece goes, it is becoming obvious that the markets have decided that the new government will not have the luxury of time.
So is this a one-off or the start of a new trend?
If the latter, the downward adjustments in government spending could be a lot more brutal than everyone currently anticipates; think Thailand in 1997 and Korea in 1998.

Source: http://ftalphaville.ft.com/,
Banco de Portugal

Ver também a Folia dos Fiados

De pouco adianta desorçamentar, passar despesa e dívida para fora da AP, Administração Pública, para as empresas públicas e para as concessionárias PPP, se esses encargos acabam por ser financiados no exterior. Renegociar e reescalonar pagamentos do Estado pode reduzir o défice e a divida pública do ano, mas não resolve o verdadeiro problema que é o sobre-endividamento do país.

Divida Externa Bruta (GED) chegou a €370 biliões no final de 2009 (225% do PIB).
Divida Externa Liquida (NED) chegou a €141 biliões no final de2009 (86,3% do PIB)

O defice comercial Portugal-Alemanha foi de €2,6 biliões em 2009.  O défice acumulado de cerca de €26 biliões em 10 anos representa 18,4% da Divida Externa Liquida de €141biliões.
Segunda dizem, importações da Alemanha, financiadas por bancos franceses...