Tradutor

quinta-feira, julho 13, 2006

Safaricom e a African Trade and Investment Facility

Caso Prático: Safaricom, Kenya
Um operador de telefonia móvel, obtêve financiamento de €30 milhões em obrigações em moeda local e €25 milhões em crédito bancário internacional, com garantia de ONDD, uma agencia de crédito à exportação, em apoio ao fornecimento de equipamento da Siemens Bélgica, com cobertura de 70% e 75% do risco comercial e 97,5% do risco politico no caso do crédito internacional.

A exposição de ONDD é parcialmente coberta pela ATI -African Trade Insurance Agency, criada no âmbito da COMESA- Common Market for Eastern and Southern Africa com funding do Banco Mundial e da IDA e apoio técnico da MIGA. A ATI assume risco de não pagamento e riscos políticos de empresas para-estatais como a Safaricom. Os países membros iniciais foram o Burundi, Kenya, Malawi, Rwanda, Tanzania, Uganda, Zambia e agora Angola.
O risco de taxa de juro do financiamento em moeda local a taxa variável foi coberto por um swap de taxa de juro entre Safaricom e Citibank Kenya.
A ATI foi criada em 2000 para responder às lacunas no mercado de cobertura de risco politico e para apoiar o recurso ao mercado financeiro local.

Para saber mais sobre ECA-export credit agencies ver o livro Empresas Portuguesas e Mercados Lusófonos, ou contactar ATI, a ECA africana:

Physical Address Kenya Re-Towers,5th Floor,Capital Hill Road,Upperhill
Postal Address P.O. Box 10620, 00100, Nairobi, Kenya
Telephone No: + 254 20 2719727/2726999
Caroli.Omondi@Africa-ECA.com
Info@Africa-ECA.com