Tradutor

terça-feira, março 15, 2016

Literacia financeira - Portugueses sabem menos


Um inquérito mundial sobre literacia financeira, o  S&P Global FinLit Survey 2015 aponta resultados chocantes, senão surpreendentes:   
  • Em quase todos os países,  as mulheres têm menos literacia financeira do que os homens 
  • Os Portugueses demonstram os mais baixos níveis de literacia financeira da Europa, pouco mais de metade de Espanha 
  • Baixa literacia financeira é relacionada com pobreza 
  • Baixa literacia financeira é relacionada com o baixo aproveitamento escolar em matemática (testes PISA) 
Os adultos com baixa literacia financeira são mais pobres, correndo maior risco de serem enganados ou mesmo vigarizados e de tomar decisões financeiras erradas baseadas apenas em considerações de curto prazo.   
O inquérito focava 4 conceitos, numeracia simples e o cálculo de juros, o efeito de juros compostos, inflação e diversificação de riscos financeiros. 
No futuro, haverá que acrescentar os conceitos de endividamento excessivo e de deflação.  
Falta saber qual é a relação de causalidade, se os pobres são pobres porque não sabem fazer contas, ou não sabem fazer contas porque são pobres. O que se pode presumir, é que é preciso saber fazer contas para sair da pobreza. 

O resumo dos resultados do estudo  S & P Global FinLit Survey, a maior e mais abrangente medida de literacia financeira em 140 países pode ser visto em:    


Para mais informação  http://gflec.org/initiatives/sp-global-finlit-survey/
Urgente educar  para a literacia financeira:  

http://gflec.org/education/educational-videos/

http://gflec.org/event-category/financial-literacy-seminar-series/

O estudo global e o Centro de Excelência para a literacia financeira http://gflec.org/

VER Literacia financeira e o endividamento excessivo http://ppplusofonia.blogspot.pt/2012/02/falta-de-literacia-financeira-promoveu.html 

VER mais sobre educação para a literacia financeira http://clientebancario.bportugal.pt/pt-PT/Publicacoes/PNFF/Paginas/PNFF.aspx